sábado, 10 de março de 2012

A Sombra do Arcano: O Sol.


É dito que para que exista sombra, há de existir luz. Fato.
O que é melhor do que o Sol para falar sobre sombras? Este é o meu Arcano favorito.. e nele encontro sempre muito apoio, mas como o próprio sol, tem seu lado sombrio. Ontem na praia vivi um pouco disto.. estou todo queimado, um pimentão, por resolver meditar na areia da praia, esquecer do tempo (e de renovar o protetor solar).
Bem, como tenho escutado muito Florence + the Machines, uma música me remete muito ao lado obscuro da luz. "No Light, No Light", no refrão já detona: 

"No light, no light in your bright blue eyes
I never knew daylight could be so violent
A revelation in the light of day
You can't choose what stays and what fades away"

"Sem luz, Sem luz nestes seus olhos azuis,
Eu nunca soube que a luz do dia podia ser tão violenta
Uma revelação na claridade do dia,
Você não pode escolher o que fica e o que vai..."

Eu vejo está música como a Sombra dO Sol pelo fato de muitas vezes, claridade dói, assim como uma verdade, nua e crua exposta a olhos despreparados. É, O Sol como um todo bom Arcano tem este poder de definhar, de destruir e nos fazer fechar os olhos para o que realmente importa. Como dizClarice, "As coisas estavam de algum modo tão boas que podiam se tornar muito ruins porque o que amadurece plenamente pode, apodrecer."


Um comentário: