quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A Estrela: Via Láctea.

               Como a estrela mais próxima, o sol, põe em ordem todo o seu sistema com sua atração gravitacional assim esse Arcano se apresenta. A queda da torre nos deixou sem chão e bem, sem teto também... olhando para um céu sem sol nem lua vemos as estrelas, no infinito do espaço pensamos em nosso próprio espaço.
                A Estrela derrama dos jarros o leite que forma a via láctea, dançando em espiral como o nosso próprio DNA, nossa digital universal, é de onde viemos. Após o caos e confusão é momento de silêncio, contemplação, buscar sentido nas coisas e tentar colocar ordem em tudo ao nosso redor. Se silenciarmos nossa mente, quem sabe o que podemos ouvir? Dentro de cada um brilha uma estrela e com ela todo o poder gravitacional de atrair o que é de seu trabalho divino, a nossa estrela nos coloca em harmonia com a proposta divina.
                O que está acima é como o que está abaixo, tudo segue o fluxo e refluxo da vida, o processo que teve inicio nO Enforcado agora começa a tomar corpo, e essa forma brilha uma luz divina. Como Sothis, a estrela egípcia e seus ciclos, como Ursa Maior, a estrela polar e todos os tipos de constelações, A Estrela oferece orientação, auxilio e conforto, é a esperança, é o alivio de se ter um norte.
                Assim como os heróis gregos, estamos todos destinados a brilhar no espaço celestial, como Deuses que somos, tudo o que precisamos é realizar com maestria a proposta de nosso Deus interior. Siga esta estrela e nunca vai se perder. A Estrela, como Aquário, é o amanhecer de uma nova era, aproveite este momento e faça diferente, abrace o novo.

Florence + The Machine - Cosmic Love


A falling star fell from your heart and landed in my eyes 
I screamed aloud, as it tore through them, and now it's left me blind 

The stars, the moon, they have all been blown out 
You left me in the dark 
No dawn, no day, I'm always in this twilight 
In the shadow of your heart 

And in the dark, I can hear your heartbeat 
I tried to find the sound 
But then, it stopped, and I was in the darkness, 
So darkness I became 

The stars, the moon, they have all been blown out 
You left me in the dark 
No dawn, no day, I'm always in this twilight 
In the shadow of your heart 

I took the stars from my eyes, and then I made a map 
And knew that somehow I could find my way back 
Then I heard your heart beating, you were in the darkness too 
So I stayed in the darkness with you 

The stars, the moon, they have all been blown out 
You left me in the dark 
No dawn, no day, I'm always in this twilight 
In the shadow of your heart 

The stars, the moon, they have all been blown out 
You left me in the dark 
No dawn, no day, I'm always in this twilight 
In the shadow of your heart



Um comentário: